domingo, 5 de setembro de 2010

Rio Branco a Puerto Maldonado- 572 Km

Saída de Rio Branco
A direita Transacreana, à esquerda Br 317-Estrada do Pacífico
Entrada para Xapuri-Terra de Chico Mendes
Estrada do Pacífico-Início
Alfandêga Brasileira
Fronteira- Assis Brasil- Inapari
Aduana do Peru- 3 horas para liberar 5 motos
Fiscais da Aduana-jeitinho brasileiro para apressar a liberação

Carretera Interoceânica-A teimosia nos fez encarará-la à noite.

2 horas para chegar em Puerto Maldonado
Corrupção policial- queriam U$ 500,00, levaram R$ 300,00

Não existe posto na Carretera à noite.
Acordamos o dono da oficina e imploramos por  gasolina.
Pediu a sua filha pra nos atender e salvar, senão........
Travessia de balsa Rio Madre di Dios
David
Roger

Saímos de Rio Branco às 12,30, às pressas, depois do evento com a Prefeitura , para evitar pegar a Carretera Interoceânica, no Peru à noite.A Estrada do Pacífico, é hoje, a maior cartada do Estado do Acre para desenvolvimento turístico e comercial da região, pois é ponto de partida  mais próximo do Brasil para se chegar ao Oceano pacífico. Aceleramos forte para chegar a Assis Brasil, na divisa Brasil-Peru, entramos em Inapari e fomos fazer a Aduana. Amigos, foram 3 horas de burrocracia, o digitador peruano catava letras e a gente roia unhas. Teve em momento que o David tomou o teclado do fiscal para digitar e ele ficou louco. Aí é que a coisa ficou mais lenta ainda. Ele chamava 1 por 1 e preenchia um formulário inacreditável . Depois de 3 horas, já de noite, tomamos uma descisão arriscada, apesar do conselho do pessoal de Rio Branco, para evitar transitar no Peru a noite. Como temos um roteiro a cumprir, somos 5 ,e voto de 3 mata 2,dormir em Inapari, uma birosca na divisa com o Brasil foi descartada, pegamos a Carretera a noite e ai pessoal, começaram os problemas. Uma escuridão incrível, nada de estrutura, como restaurantes ou postos de gasolina, fomos parados no meio da amazônia peruana,9 horas da noite, por 3 oficiais da policia de la carretera, armados até os dentes, procurando alguma coisa errada para a extorsão já programada. Acharam uma brecha, pois uma das motos estava sem o cartão de seguro Mercosul. Queriam nos levar de volta a Inapari, como ameaça. Chamaram o Roger no canto, e pediram U$ 500,00. Pagamos R$ 300,00 rindo ,para ficar livres dos pilantras . Eles agradeceram, pediram para tomar cuidado com os animais na pista e foram embora. Tinham razão. Toda hora apareciam cotias, tatus, sapos, e a gente desviando para evitar acidentes. Acham que terminaram os problemas? Cadê posto de gasolina. Simplesmente não existia. Paramos em um oficina numa cidadezinha minúscula e acordamos, às 22,30 um cidadão peruano, que mandou sua filha de 14 anos nos atender . Ele tinha gasolina em barris e completamos os tanques. Chegamos no rio Madre di  Dios, a balsa de travessia já estava fora de serviço, e no porto, arrumamos uma balsinha ordinária, que nos atravessou para Puerto Maldonado. Chegamos às 23,30 no hotel Cabana Quinta, muito bom para a pobreza que reina na região. Valeu a dica Marcelo Rezende, mineiro de Belo Horizonte, que fez a Interoceância em julho. Conclusão= A Interoceânica, apesar de ser uma bela estrada, não tem nada de infra estrutura, e a polícia peruana está na espreita para extorquir os brasileriros. Quem for passar por ela, jamais faça o percurso a noite. Amanhã, rumo a Cusco, Capital do império Inca.

9 comentários:

Anônimo disse...

Kambada,
300 Dólares é foda!
Daqui pra frente fica + bonito.
Em Cuzco tem Rato assado!!!
Eu tÔ achando tudo muito legal.
As coisas aconteceram para ter estória pra contar.
Motocas, tem muito chão ainda, vão com calma e curtindo essa nova aventura.
"Vão com DEUS"
ALEX PALHARES.

Thiago Palhares disse...

Marcelo...caminhada tensa mas muito massa!
Mantenham a atualização do Blog que tá todo mundo aqui de casa vendo sempre.

Abraços a todos, vão com Deus!!!

adriane disse...

busque direção de Deus, ao invés de seguir a maioria e cair em buraco.
prudência nunca é de +++++++
bjos,
te amo
Dri

Cassiano disse...

Amigos mineiros, eu falei !!! Rsrs
Vou encaminhar o fato da extorsão ao consulado peruano aqui no Acre e também ao cônsul honorário brasileiro para região de Cusco e sul do Peru. Assim como a demora na Aduana peruana é algo que sugere “criar dificuldades para vender facilidades”, pois isso já tinha sido ultrapassado e o tempo máximo de preenchimento/liberação não deve passar de 10 minutos por veículo.
Sucesso e continuem a boa viagem. Na volta ao Acre assamos a melhor picanha do Brasil em comemoração!
Abs do Cassiano Marques de Oliveira

Juliano disse...

Moçada, tá muito massa as paisagens, e os locais que vcs estão passando, não é pra qualquer um não, tem de ter espirito de bandeirante, mesmo! Tem de andar 24 horas com a mente em instinto de sobrevivencia, deve ser uma "adrena" e tanto... abraços e boa viagem, estarei seguindo a aventura daqui, cuidem do "butão" do meu primo, Roger "Roia" Mamprim... abraços e boa viagem...Juliano

edson disse...

ola mama e seus BOCA DE EGUAS DO ASFALTO,to entrando no blog somente hoje,como sempre desejo muita sorte e uma boa aventura para todos voces.ja deu para ver que as condiçôes da estrada da danada de ruim,muito cuidado e pouco nestas hora,sigam em frente e sempre com deus no comando,pois com ele a vitoria e certa.um abraço e pe na estrada.

Bruna Cossenzo disse...

Ê Marcelão! Subordinando os fiscais ne?! haha... Boa viagem!!! Traz lembrancinha pro pessoal aqui da Pater hein! haha...

modercai disse...

caro to morrendo de inveja como gostaria de estar nessa empreitada com vcs.
Força muita força vcs precisam, mas lembre-se sempre em frente que atras tem a gente.
Há como todo mundo pede lembrancinha, quero um pacote de cha de coca
Brincadeira
Muita paz e muita agilidade com as motocas.
Curtam Felicidade pro cs

tamires disse...

sou tamy e amei seu blog,da proxima vez me convida adoro aventura e adrenalina.beijos....moro no acre e sou fã em viajar. amei as fotos, meus paranbens pela as belas paisangens,o peru é mesmo lindo. eu tbm quero fazer esse passeio, ainda mais com essa motos iradas cruzando a interoceanica.
tamy2149@hotmail.com